Homem morre em SP após adoecer na Paraíba


Um homem de 58 anos e identidade não revelada morreu de gripe suína após uma viagem a Paraíba, onde ele teria pego o vírus. A assessoria do hospital Austa, que fica na cidade de São José do Rio Preto, no interior paulista afirma que a vítima foi internada no último dia 19 com febre e no dia seguinte foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo informações da Secretaria de Saúde da cidade de Turiúba, onde a vítima morava, ele tinha problemas cardíacos e diabetes, fatores que podem ter colaborado para agravar seu estado e o levou a morte em pouco tempo.

O paciente morreu no dia 21, mas os resultados dos exames feitos no Instituto Adolfo Lutz só foram divulgados ontem.

O paciente apresentou os primeiros sintomas da gripe suína ao retornar de uma viagem a João Pessoa no dia 14 de julho, mas só foi internado no dia 19.

Casos no estado - Ontem, a Secretaria de Saúde da Paraíba confirmou o oitavo caso registrado de gripe suína no Estado. O exame do surfista de 31 anos, que está internado no Hospital Universitário Lauro Wanderley, em João Pessoa, deu positivo para o novo vírus, mas ele já saiu do período de transmissão da doença e recebeu alta do isolamento hospitalar.

O Governo do Estado vai intensificar as ações de prevenção e controle da doença no Estado, mobilizando órgãos estaduais, municípios e a população, principalmente os estudantes, preparando a Paraíba para enfrentar a pandemia.

Uma morte - O estudante Severino Galdino, de 31 anos, até o momento é a única vítima fatal da gripe suína na Paraíba. Ele morreu na última terça-feira no Hospital Universitário Lauro Wanderley. Essa foi a primeira morte registrada no Norte e Nordeste do país.

Já a gripe comum já fez 127 vítimas no estado no mesmo período.


Eliseu Lins, com informações do Estadão
do portal correio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá