junho 06, 2009

Projeto de Efraim cria mais cinco Institutos Federais de Educação na PB

Cinco Projetos de Lei apresentados pelo senador paraibano Efraim Morais (DEM) autoriza o Governo Federal a criar o campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (antigo CEFET), nos Municípios de Boqueirão, Esperança, Itaporanga, Mamanguape e Santa Luzia. Os Institutos tem por finalidade, formar pessoas em cursos profissionalizantes de nivel médio e tecnólogos em superior para atuar em diversas áreas.

Os campi dos municípios de Boqueirão e Itaporanga receberam no projeto o nome de Campus Cariri Oriental e Campus Vale do Piancó. O primeiro, atenderá à região central do estado, conhecida como Cariri paraibano onde há grande potencial nas áreas de piscicultura, fruticultura irrigada e turismo náutico. Já o segundo, poderá suprir a carência de profissionais qualificados, com formação específica, para dar vazão ao potencial economico de toda a região do Vale do Piancó, no Sertão Paraibano.

Com uma população de 28.569 habitantes, o Município de Esperança - lembrou Efraim, - baseia-se fortemente na exploração de frutíferas, com destaque para a produção de banana, caju, manga, batatinha, maracujá entre outras. Na pecuária, se destaca especialmente a criação de bovinos, ovinos e caprinos.

Localizado no Litoral Norte e pertencente a Zona da Mata paraibana, o Municipio de Mamanguape, por sua vez, também poderá ganhar pelo Projeto nº 224, de 2009, de autoria do senador Efraim, um campus do Instituto Federal. Com pouco mais de 40 mil habitantes, o municipio segundo dados do IBGE, tem elevados percentuais de incidência da pobreza com 64,66%, da sua população vivendo em estado precário, embora tenha desenvolvido turismo rural, produção de frutíferas e indústrias de transformação.

Localizado na mesorregião de Borborema e na micro região do Seridó Oriental, o Municícipio de Santa Luzia limita-se com os Municipios de São José do Sabugi, Várzea, Salgadinho, Passagem, Junco do Seridó, e a São Mamede. Em 2003, o Mapa da Pobreza e Desigualdade revelou que, no município paraibano, nada menos que 45,67% da população vivia em situação inferior ao limite da incidência de pobreza. Esse dado segundo Efraim, da a oportunidade de criação de campus do Instituto Federal, que certamente será decisiva para o desenvolvimento e a prosperidade de todos os cidãos santa-luzienses e muitos munícipes da mesorregião.

"Uma instituição dessa natureza, que se destina à formação e qualificação de profissionais de educação superior, básica e profissional, atenderá tanto os jovens egressos do ensino médio como os trabalhadores carentes de qualificação, impulsionando o desenvolvimento local e regional", disse Efraim.


Da Assessoria de Comunicação do senador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...