junho 30, 2009

Na mesma: AL fecha portas sem perspectiva de sessão; votações de empréstimo e LDO são adiadas

Não adiantou os deputados governistas insistirem. As obras na Assembleia Legislativa impediram a realização da sessão deste dia 30, a última que haveria antes do recesso parlamentar, e com importância pela votação de dois projetos de grande expectativa do Governo do Estado: a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o empréstimo de R$ 191 milhões pelo BNDES.

O plenário da Assembleia está passando por obras de manutenção, uma para instalar um painel eletrônico, e outra para a manutenção do condicionador de ar do local. Mesmo assim, os governistas anunciaram a presença na Casa de Epitácio Pessoa, com a esperança de sair da sessão com as matérias apreciadas.

Como os opositores não compareceram (inclusive com a ausência do presidente Arthur Cunha Lima, em viagem), a sessão não aconteceu, as votações foram adiadas para outra ocasião e o recesso fica comprometido.

Mais cedo, o governador José Maranhão (PMDB) apoiava a intenção dos seus parlamentares, achando que o bom senso sobre as necessidades da Paraíba deveria prevalecer sobre as questões partidárias.

do
wscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...