Na mesma: AL fecha portas sem perspectiva de sessão; votações de empréstimo e LDO são adiadas

Não adiantou os deputados governistas insistirem. As obras na Assembleia Legislativa impediram a realização da sessão deste dia 30, a última que haveria antes do recesso parlamentar, e com importância pela votação de dois projetos de grande expectativa do Governo do Estado: a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o empréstimo de R$ 191 milhões pelo BNDES.

O plenário da Assembleia está passando por obras de manutenção, uma para instalar um painel eletrônico, e outra para a manutenção do condicionador de ar do local. Mesmo assim, os governistas anunciaram a presença na Casa de Epitácio Pessoa, com a esperança de sair da sessão com as matérias apreciadas.

Como os opositores não compareceram (inclusive com a ausência do presidente Arthur Cunha Lima, em viagem), a sessão não aconteceu, as votações foram adiadas para outra ocasião e o recesso fica comprometido.

Mais cedo, o governador José Maranhão (PMDB) apoiava a intenção dos seus parlamentares, achando que o bom senso sobre as necessidades da Paraíba deveria prevalecer sobre as questões partidárias.

do
wscom

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá