Câmara aprova projeto de Wilson Braga que regulamenta a profissão de repentista

A Câmara aprovou o Projeto de Lei nº 1112/07, de autoria deputado federal Wilson Braga (PMDB/PB), que regulamenta a profissão de repentista. A matéria foi analisada em caráter conclusivo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), e segue agora para análise no Senado.A proposta reconhece o profissional repentista, assegura disciplinamento da jornada de trabalho de forma similar à regulamentada para os músicos e inclui a profissão no quadro de profissões da CLT, uma vez que o repentista sequer chega a ser mencionado na Classificação Brasileira de Ocupações – CBO – do Ministério do Trabalho.A proposição ainda define o repentista como o profissional que utiliza o improviso rimado como meio de expressão artística, transmitindo a tradição e a cultura popular por intermédio do canto, da falta ou da escrita, sendo citados como tais o cantador e o violeiro improvisador, o embolador e o cantador de coco, o poeta repentista, o contador e o declamador de causos, e o escritor de literatura de cordel. “A preservação da cultura nacional passa pelo estímulo e o reconhecimento dos profissionais que a ela se dedicam. A literatura de cordel e o repente são dignos representantes das multiformes expressões culturais de nosso imenso País”, disse Braga satisfeito pela aprovação do seu projeto.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá