maio 28, 2009

Rádio Tabajara estréia em junho novos programas jornalísticos e de cultura

As rádios Tabajara AM e FM estréiam na próxima segunda-feira dia 1º de junho uma nova grade de programação, com destaque para inovações no radiojornalismo e na área cultural. De acordo com o diretor-superintendente das duas emissoras, Rui César Leitão, a proposta é uma programação que defina as duas rádios como veículos de integração e divulgação cultural além de informação das ações do Governo do Estado, com notícias institucionais, sem promoção pessoal do governador.

A Tabajara AM vai mudar seu perfil, vai ser uma rádio que priorizará o radiojornalismo, com muito mais notícia, serviço de utilidade pública e permitir aos seus ouvintes acesso às informações que possam ajudar no exercício da cidadania. O atual Revista Estadual, voltará a ter o nome de Jornal Estadual, a partir do dia 1º no horário das 6h às 7h e será mais dinâmico, numa nova formatação, com apresentação dos jornalistas Jonas Batista e Márcia Cabral. O noticiário é um dos mais antigos da radiofonia paraibana no ar há mais de 40 anos.

Diversos assessores de imprensa das secretarias e dos órgãos estaduais participarão do Jornal Estadual com flashes e breves entrevistas de seus assessorados. Os radialistas e jornalistas de algumas emissoras do interior do Estado serão correspondentes da Tabajara com notícias do Sertão, Cariri, Brejo e demais região da Paraíba.

Um das referências da Tabajara AM, emissora mais antiga da Paraíba, inaugurada aos 25 de janeiro de 1937, pelo então governador Argemiro de Figueiredo, são suas transmissões esportivas. É uma tradição o trabalho da equipe esportiva nota dez da emissora. Em uma partidia de futebol no estádio O Almeidão, por exemplo, 90% dos torcedores que gostam de ouvir a narração do jogo pelo rádio ficam ligados, sintonizados na Tabajara. Rui destaca que o Departamento Esportivo da emissora incrementará ainda mais seus programas com a otimização de suas transmissões.

O superintendente informou que a Tabajara AM ganhará um novo transmissor com 10 kg de potência. O investimento está em processo de licitação. Enquanto isto um transmissor reserva vai dar qualidade de som digital para a emissora.





Tabajara FM completa 10 anos em agosto



De acordo com Rui Leitão a Tabajara FM manterá o seu padrão de qualidade na programação musical, terá novos programas culturais e da segunda a quinta-feira no horário das 18h às 19h terá o noticiário Revista Tabajara, com apresentação dos jornalistas Jaimacy Andrade e Edileide Villaça. O programa será reprisado na mesma noite na Tabajara AM. Na sexta-feira na FM, das 18h às 19h, o jornalista Paulo Roberto no programa Diversitar deixará o ouvinte bem informado sobre a agenda cultural, social e esportiva da sexta aos domingo.

No sábado dia 6 de junho, estréia na Tabajara FM, do meio dia às 13h, o programa Canta Paraíba, que oferece espaço aos talentos musicais de nossa terra, sejam eles consagrados ou ainda anônimos. A apresentação do Canta Paraíba ficará por conta da radialista Nena Martins.

A Rádio Tabajara FM inaugurada em agosto de 1999 completa 10 anos no ar. A solenidade de inauguração ocorreu na Praça do Povo do Espaço Cultural com um show da Orquestra Tabajara, inclusive regida por seu maestro Severino Araújo. Rui Leitão era o superintendente da Tabajara naquele ano. Para comemorar os 10 anos está em andamento o projeto de um festival de música popular brasileira. De acordo com Rui Leitão os vencedores do festival participarão da grande final em Salvador, em dezembro. O evento é uma promoção da Associação das Rádios Públicas do Brasil e terá eliminatória na Paraíba.

A FM vai estrear até o final de junho um programa educativo dirigido a quem gosta de música erudita, com apresentação de Arlindo Almeida, que já foi secretário da Indústria e Comércio. Ele vai explicar de forma didática o perfil da música clássica.

Rui Leitão anunciou ainda que está em estudo para estréia na Tabajara FM um programa que resgatará a memória paraibana em todos as áreas: esporte, cultura, política, literatura, música, etc. o acervo deste programa será organizado em áudio digital e o jornal A União documentará as entrevistas publicando o conteúdo de cada programa. O superintendente Rui Leitão lembra que uma das missões institucionais da Tabajara é fomentar, divulgar promover a cultura da Paraíba.

Para todos os projetos anunciados o governador tem assegurado apoio total a exemplo do que ocorreu há dez anos quando o Governo estava prestes a perder a concessão para instalação da Tabajara FM e em poucos meses o então superintendente Rui César Leitão conseguiu resgatar o projeto e a emissora foi ao ar. Desde então é detentora de grande audiência nas classes A, B, C e D da Grande João Pessoa e em diversos municípios onde o sinal é sintonizado.

O superintendente das rádios Tabajara AM e FM destaca que esse apoio do Governo passa pelo igual zelo que têm a secretária de Comunicação Institucional jornalista Lena Guimarães e o secretário executivo, jornalista Genésio Sousa, que já dirigiu a emissora. Rui disse ainda que conta com o trabalho integrado dos demais diretores da Tabajara, Manoel Raposo (Administrativo) e Francisco Remígio (Operacional), pessoas que também já administraram a rádio, além do compromisso profissional de seus jornalistas e radialistas. Um outro braço forte no projeto cultural e jornalístico da Tabajara é o convênio firmado recentemente com A UNIÃO. O superintendente do jornal, jornalista Nelson Coelho, é um parceiro importante nesta nova fase da emissora oficial do Estado, revela Rui Leitão.



Josélio Carneiro, da Secom-PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário