abril 14, 2009

Pelo menos 80 pessoas estariam desabrigadas em Patos e Pirpirituba

As chuvas que vêm caindo desde a tarde de ontem em praticamente todo o Estado causaram prejuízos maiores em Patos, no Sertão, e em Pirpirituba, no Brejo. Nas duas cidades, pelo menos 15 famílias - em torno de 80 pessoas - estariam desabrigadas.

Em Pirpirituba, o rio que corta parte do núcleo urbano afetou e desalojou as famílias que moram em quatro casas que ficam à sua margem e foram alcançadas pelas águas que transbordaram. Em Patos, onde a situação se apresenta com maior gravidade, os estragos foram causados por quase seis horas ininterruptas de chuvas fortes que começaram ainda na noite de ontem.

Informações ainda não consolidadas dão conta de que ainda em Patos o açude Jatobá e a barragem de Dona Euvina transbordaram. A ponte sobre o açude teve que ser interditada pela Polícia Militar porque apresentou rachaduras em seu leito.

Já o transbordamento da barragem inundou a pista da BR-230 e causou um acidente com um carro onde viajavam três estudantes, mas ninguém ficou ferido, apesar de o veículo ter ido parar dentro do lago.

Os bairros mais afetados pelo temporam foram a Vila Cavalcanti, Novo Horizonte, Noé Trajano e o Morro, onde as águas derrubaram muros e invadiram pelo menos seis casas.

Cajazeiras e região

De acordo com dados coletados pelo pluviômetro do escritório regional da Emater em Cajazeiras, de ontem para hoje choveu 857 mm, número que já ultrapassaria a média anual de todo o período invernoso, que historicamente atingiu o máximo de 850 mm.

A notícia deixou animados agricultores da região. Em quase quatro meses, de janeiro a abril deste ano, já choveu em Cajazeiras a média anual de todo o período invernoso que normalmente vai até o mês de maio, segundo dados coletados pelo pluviômetro da Emater.

Os agricultores mais experientes e técnicos agrícolas advertem, contudo, que é necessário o equilíbrio entre chuva e estiagem para não encharcar os roçados e comprometer a produção de grãos.

Em João Pessoa

Em João Pessoa, até o momento, duas familias do bairro de São José teriam perdido a mobília em razão das águas que invadiram suas casas no começo da manhã de hoje, mas os moradores ainda permanecem no local.

As chuvas que caem desde ontem em todo o Brasil são resultado de uma área de baixa pressão que se formou sobre o Sudeste e afeta particularmente os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais nesta manhã de terça-feira.

Áreas de instabilidade também estão provocando pancadas de chuva e trovoadas em várias localidades do Mato Grosso e das Regiões Norte e Nordeste.

portl correio, com informações do PB1, Wscom, Diário do Sertão e Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário