TJPB deve julgar nessa 4ª notícia crime contra prefeito de JP e 13 processos de ex-prefeitos

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba vai apreciar, em sua sessão ordinária desta quarta-feira (25), 41 processos. Dentre as ações, os magistrados devem julgar uma notícia crime, movida pela Secretaria de Segurança e Defesa Social tem como embargante o ex-governador do Estado, Cássio Cunha Lima e embargado o Jornal Correio da Paraíba. A relatoria do processo é de competência do desembargador Jorge Ribeiro Nóbrega, vice-presidente do TJPB.

O prefeito do município de Areial, Adelson Gonçalves Benjamin, responderá a uma notícia crime, enquanto sete ex-prefeitos paraibanos são réus em ações penais e terão seus respectivos processos em mesa. São eles: Cláudio Antônio Marques de Sousa (São José da Lagoa Tapada); José Carlos Vidal, (Gurjão); Pedro Pinto da Costa (Barra de São Miguel); Adriano César Galdino de Araújo (Pocinhos); Alessandro Alves da Silva (Pilõezinhos); José Wellington Almeida de Souza (Manaíra) e Cláudio Antônio Marques de Sousa (São José da Lagoa Tapada).

Já os ex-prefeitos; José Carlos Vidal (Gurjão); Salomão Benevides Gadelha (Sousa) e João Batista Lacerda Cavalcanti (São José de Piranhas) são indiciados em inquéritos policiais. O Pleno do TJPB também julgará as notícias crime contra os ex-prefeitos Antônio Mendonça Coutinho Filho (Massaranduba); José Benício de Araújo Filho (Município de Pilar); Leomar Benício Maia, (Catolé do Rocha).

O Pleno deve manter seu entendimento a respeito da perda do foro privilegiado de ex-prefeitos. Em sessões anteriores, o TJPB determinou a devolução às comarcas de origem de todas as ações contra ex-agentes políticos.

portal do TJ www.tjpb.jus.br
Coordenadoria de comunicação
Por Fernando Patriota

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá