Lula sugere que Dilma mostre seu lado 'mulher comum'

A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, foi orientada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva a mostrar seu lado de “mulher comum”, que tanto vai ao carnaval quanto à missa. “Mergulhe na cultura popular”, disse Lula à ministra. Na prática, o presidente quer que ela traduza números, cifras e dados sobre infraestrutura para o cotidiano do eleitor.

Não é à toa que, desde o carnaval, quando esteve em Pernambuco, ela tem aberto brechas na agenda para compromissos populares e vai começar a aparecer em programas de grande audiência, no rádio e na TV. Fã de Hebe Camargo, a ministra mandou flores para a apresentadora, que na semana passada fez 80 anos.

Dias antes, compareceu à missa do padre Marcelo Rossi: levantou as mãos para o alto, bateu palmas, tentou acompanhar o coro dos fiéis e ganhou fitas de Nossa Senhora Desatadora dos Nós.

Lula também recomendou a Dilma que não ingresse em nenhuma corrente do PT. A ordem é ser simpática com todas as tendências, para não causar ciumeira. Depois de se dedicar a conversas reservadas com políticos do antigo Campo Majoritário - integrado por Lula - e com a ala da ex-prefeita Marta Suplicy, Dilma comparecerá agora ao encontro da Mensagem ao Partido, previsto para os dias 21 e 22, no Rio.

Capitaneado pelo ministro da Justiça, Tarso Genro - que sempre torceu o nariz para a candidatura de Dilma -, o grupo lançará um manifesto de apoio à campanha da petista, a exemplo do que já fez a turma de Marta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Da Agência Estado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.