Guilherme Almeida pede ao TRE para deixar o PSB sem perder o mandato

O deputado estadual Guilherme Almeida (PSB) vai dar entrada nesta quinta-feira (26), no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) com um pedido de desligamento do seu partido sem a perda de mandato. Ele alega que está sendo perseguido pela Direção Estadual da legenda.

O deputado Guilherme Almeida vai argumentar que a proibição de tomar posse na Secretaria de Articulação Política do Governo do Estado, pela Direção Estadual do PSB, claramente configura uma perseguição.

A notícia foi dada por ele mesmo ao participar, por telefone, do programa Correio Debate, da rádio 98FM (Correio Sat) nesta quarta-feira (25).

Guilherme Almeida alegará, entre outras coisas, que aceitou o convite para ser secretário de Articulação Política, feito pelo governador José Maranhão, por se tratar de um Governo do qual o PSB é aliado e por quem o partido trabalhou nas eleições de 2006.

O deputado Guilherme Almeida afirmou no Correio Debate que a sua decisão de se desfiliar do PSB é definitiva e que poderá se filiar a qualquer outro partido, desde que este seja da base de sustentação política do governador José Maranhão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.