fevereiro 05, 2009

Prefeito de Lucena é acusado de dar cheques em troca de votos


O prefeito de Lucena, Antônio Mendonça Monteiro Junior (Bolão), está sendo acusado de ter distribuído cheques com fins eleitoreiros. A denúncia foi feita nesta quinta-feira (5) por Nivaldo André da Silva Menezes (foto), que disse ter recebido cheque no valor de R$ 100,00 em troca de votos nas eleições de 2008. Segundo ele, o cheque foi emitido pela prefeitura de Lucena. “Eu deixei minha documentação na prefeitura e assinei aquelas folhinhas como ajuda de custo”, afirmou.

Nivaldo André disse que usou o dinheiro para comprar feira e pagar as contas de água e de luz. O cheque, segundo ele, foi trocado com um taxista. “Eu troquei na Praça de Lucena com um taxista. Ele me deu só R$ 85,00 porque não tinha quem trocasse e foi daí que eu fiz uma feirinha para minha família comer”. Ele denunciou que o prefeito Bolão também lhe ajudava com cestas básicas e até com dinheiro para pagar o aluguel da casa.

Só que a promessa de pagar o aluguel não foi cumprida por Bolão, segundo afirma Nivaldo André. Por conta disso ele resolveu denunciar e levar o caso ao conhecimento do Ministério Público Eleitoral para que o prefeito de Lucena seja cassado por crime eleitoral. Nivaldo disse que várias outras pessoas foram enganadas pelo prefeito com a promessa de ajuda financeira em troca de votos. “Ele prometia dar emprego, dar casa, mas era tudo mentira”.

do lana caprina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Dezembro Vermelho

Ao longo deste mês, prédios públicos em todo o Brasil ficarão iluminados de vermelho para marcar a luta contra a aids. Além da iluminação, ...