Prefeito de Lucena é acusado de dar cheques em troca de votos


O prefeito de Lucena, Antônio Mendonça Monteiro Junior (Bolão), está sendo acusado de ter distribuído cheques com fins eleitoreiros. A denúncia foi feita nesta quinta-feira (5) por Nivaldo André da Silva Menezes (foto), que disse ter recebido cheque no valor de R$ 100,00 em troca de votos nas eleições de 2008. Segundo ele, o cheque foi emitido pela prefeitura de Lucena. “Eu deixei minha documentação na prefeitura e assinei aquelas folhinhas como ajuda de custo”, afirmou.

Nivaldo André disse que usou o dinheiro para comprar feira e pagar as contas de água e de luz. O cheque, segundo ele, foi trocado com um taxista. “Eu troquei na Praça de Lucena com um taxista. Ele me deu só R$ 85,00 porque não tinha quem trocasse e foi daí que eu fiz uma feirinha para minha família comer”. Ele denunciou que o prefeito Bolão também lhe ajudava com cestas básicas e até com dinheiro para pagar o aluguel da casa.

Só que a promessa de pagar o aluguel não foi cumprida por Bolão, segundo afirma Nivaldo André. Por conta disso ele resolveu denunciar e levar o caso ao conhecimento do Ministério Público Eleitoral para que o prefeito de Lucena seja cassado por crime eleitoral. Nivaldo disse que várias outras pessoas foram enganadas pelo prefeito com a promessa de ajuda financeira em troca de votos. “Ele prometia dar emprego, dar casa, mas era tudo mentira”.

do lana caprina

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá