fevereiro 20, 2009

Mesmo sem mandato, Cássio ainda está sujeito a novas cassações


Apesar de já ter tido o mandato de governador cassado, o ex-governador da Paraíba, Cássio Cunha Lima (PSDB), ainda responde a dez processos na Justiça Eleitoral e, portanto, continua passível de novas cassações. A informação é do corregedor eleitoral João Benedito da Silva.

Segundo informações prestadas pela Secretaria Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, contra Cássio Cunha Lima ainda tramitam no TRE-PB outras dez ações, todas elas relativas às eleições estaduais de 2006.

Um dos processos que mais complicam a situação politica de Cássio Cunha Lima é referente ao escândalo do "dinheiro voador", apreendido numa mala atirada pelas janelas do Edifício Concorde durante a campanha eleitoral em que Cássio disputou o Governo do Estado com o então senador José Maranhão, hoje governador.

Outro processo é referente aos envelopes amarelos em que foi posta grande quantidade de dinheiro para supostamente comprar votos.

No TSE - No Tribunal Superior Eleitoral, Cássio ainda responde a processo pelo uso indevido do jornal oficial A União, durante a campanha.

O processo já tem parecer da Procuradoria Geral, emBrasília. Todos os processos continuarão sendo pareciados normalmente, apesar da cassação, segundo o corregedor reginal eleitoral, João Benedito da Silva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário