janeiro 17, 2009

Vereador acorrenta-se a prédio de Câmara por moradias para sem teto

O vereador Jota Júnior(PR), da cidade de Juripiranga, na Zona da Mata do Estado, se acorrentou na manhã deste sábado (17), ao prédio anexo da Câmara Municipal, em protesto contra a decisão do prefeito, Tom Maroja (PMDB), de retirar do prédio cerca de 10 famílias que ocuparam o local para morar.

Segundo as informações prestadas pelo Padre Otávio, líder religioso local, Jota Júnior é da base do prefeito, mas discorda da retirada dos sem teto porque não há previsão de relocá-los para outro local.

O padre explicou que o objetivo da manisfestação do vereador é chamar a atenção para o problema que é a falta de um local específico para abrigar essas famílias. Na opinião dele, elas precisam ser relocadas para moradias dignas com urgência.

O religioso contou que não seria seguro as famílias continuarem no prédio porque o local apresenta problemas de estrutura e pode desabar.

"Elas inclusive correm risco morando no local, mas é importante que ser perceba a necessidade de providenciar moradias para essas famílias porque elas não têm para onde ir", explicou.

fonte :redação o correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário