janeiro 08, 2009

Delegados em fuga: oficial do TJ ainda não conseguiu notificar ilegalidade da greve

Os delegados em greve há mais de 30 dias ainda não foram notificados sobre a ilegalidade do movimento, decretada dia 19 de dezembro. Oficiais de justiça escalados pelo Tribunal de Justiça da Paraíba têm feitos maratona para localizar algum membro da Associação dos Delegados de Polícia da Paraíba, entidade que coordena a greve.

Oficiais já teriam tentado entregar o ofício com o decreto de ilegalidade ao Sindicato dos Delegados, que recusou receber o documento. O comando sindical alegou que não participa da greve nem apóia o movimento.

Hoje, mais uma tentativa de oficializar a decisão do TJ foi feita, mas sem sucesso. Na Adepol, a informação é que os integrantes da associação estão em Campina Grande.

A ilegalidade foi decretada pelo desembargador Abraham Lincoln, que determinou o imediato retorno dos policiais às suas atividades e apresentou punições para o não-cumprimento da determinação com multa individual de R$ 3 mil para cada um dos dirigentes da greve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário