Novas eleições: advogado diz que seguiu orientações do PCB nacional

Autor das ações que renderam a cassação do governador Cássio Cunha Lima, o Partido Comunista Brasileiro informou neste sábado 6 que não foi por orientação do partido que o advogado Antônio Trajano de Carvalho entrou com ação junto ao Tribunal Superior Eleitoral pedindo novas eleições na Paraíba.

O advogado, porém, garante que está habilitado para falar em nome do partido e ingressou com ação seguindo diretrizes da direção nacional do PCB.

A habilitação foi confirmada por Carvalho, que já avisou: “ele será destituído imediatamente”.

O advogado diz que a direção nacional do PCB vê que as eleições de 2006 na Paraíba teriam sido “eivadas de vícios”, motivos pelos quais teria pedido o ingresso da ação.

O advogado garante ainda que a intenção do PCB não é defender o governador Cássio Cunha Lima.
Da redação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

CNM convoca gestores para mobilização no Congresso Nacional nos dias 7 e 8 de agosto

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.