Novas eleições: advogado diz que seguiu orientações do PCB nacional

Autor das ações que renderam a cassação do governador Cássio Cunha Lima, o Partido Comunista Brasileiro informou neste sábado 6 que não foi por orientação do partido que o advogado Antônio Trajano de Carvalho entrou com ação junto ao Tribunal Superior Eleitoral pedindo novas eleições na Paraíba.

O advogado, porém, garante que está habilitado para falar em nome do partido e ingressou com ação seguindo diretrizes da direção nacional do PCB.

A habilitação foi confirmada por Carvalho, que já avisou: “ele será destituído imediatamente”.

O advogado diz que a direção nacional do PCB vê que as eleições de 2006 na Paraíba teriam sido “eivadas de vícios”, motivos pelos quais teria pedido o ingresso da ação.

O advogado garante ainda que a intenção do PCB não é defender o governador Cássio Cunha Lima.
Da redação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Parlamento terá dia especial no Fórum Mundial da Água

População de Nova Floresta lamenta o falecimento do ex- vereador João Bolinha.

Wilson Santiago e Wilson Filho são recebidos por lideranças politicas em Ingá