dezembro 22, 2008

Dnit mapeia pontos críticos da BR 101 e orienta motoristas para evitar acidentes

Com as proximidades das festas de fim de ano, o volume de veículos trafegando pelas nossas rodovias tende a aumentar, trazendo como conseqüência o risco de acidentes, notadamente nas rodovias que se encontram em obras.

Na Paraíba, por exemplo, a BR-101, que corta o estado, encontra-se transformada num verdadeiro canteiro de obras em seus 129 quilômetros, com os trabalhos de duplicação e adequação da sua capacidade de tráfego já bastante adiantados.

A Superintendência do DNIT/PB mapeou os pontos considerados críticos na BR-101/PB, com um alerta para os motoristas de que todo cuidado nunca é demais ao transitar pelos trechos abaixo destacados:

Lote 03 Div. RN/PB - Entr. PB-041 (P/Mamanguape)

KM Localização
9,6 Desvio da passagem superior
10 e 11 Rampa íngreme sem 3ª faixa
12 Desvio do acesso para Pitanga da Estrada
38 a0 40,4 Perímetro urbano de Mamanguape

Lote 04 Entr. PB-041 (P/Mamanguape) - Entr. PB-025 (P/Lucena)

KM Localização
40,4 ao 41 Perímetro urbano de Mamanguape
46,9 Desvio da Passagem Superior
51 Desvio da Passagem Superior
58,2 Desvio da Passagem Superior
65,3 Desvio da Passagem Superior
74,1 Entroncamento PB-025 (P/Lucena)

Lote 05 Entr. PB-025 (P/Lucena) - Div. PB/PE

KM Localização
100,1 Entroncamento PB-018 (P/Conde)
110 ao 112 Perímetro urbano de Mata Redonda e Entroncamento PB-034 (P/Alhandra)
118 ao 120 Rampa íngreme sem 3ª faixa
122 ao 124 Rampa íngreme sem 3ª faixa
129 Posto Fiscal do Estado (Div. PB/PE)
74,1 Entrocamento PB-025 (P/Lucena)

Fonte: Equipe Contécnica/Planservi/Lenc-PB

Quanto à BR-230/PB, o usuário deve ficar atento na altura do Km 80, proximidades da área urbana do Cajá, sentido João Pessoa/Campina Grande e vice-versa, quando a rodovia até então duplicada se torna única, em virtude das obras de construção da Variante Cajá que circunda o município pelo lado norte.

O restante da malha rodoviária federal no Estado oferece boas condições de trafegabilidade.

Mesmo assim, para quem vai pegar estrada, o DNIT reforça o conceito de que precaução e cuidado ao volante são fatores fundamentais para uma viagem tranqüila, assim como obediência à sinalização e respeito aos limites de velocidade são sinônimos de segurança para você e seu próximo.

Para informações mais detalhadas sobre as condições de trafegabilidade da malha rodoviária federal em todo Brasil, acesse o site do Portal DNIT:

Não seja um contributivo para as estatísticas de acidentes nas nossas rodovias: se for beber, não dirija; se for dirigir, não beba!


fonte wscom

Nenhum comentário:

Postar um comentário