novembro 11, 2008

Ronaldo diz que aliança de Cassio com Ricardo é possível e que não há compromisso com Efraim.


O ex-governador da Paraíba, Ronaldo Cunha Lima (PSDB), avaliou como perfeitamente possível uma aliança entre (seu filho) o governador Cássio Cunha Lima, do seu partido, com o prefeito reeleito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), nas eleições de 2010. “Tudo é possível, desde que se estabeleça um programa comum”, declarou Ronaldo.
Questionado a respeito pelo jornalista Chico Soares, correspondente da Rádio Correio Sat em Mamanguape, Cunha Lima disse: “Tudo é possível, desde que se estabeleça um programa comum; é possível travarmos um diálogo e chegarmos a um entendimento. Não vamos discutir quem deve estar na cabeça de chapa, porque assim inviabiliza (a aliança). Mas há condições, desde que tudo seja em cima de um programa”. Ronaldo Cunha Lima concedeu a entrevista em João Pessoa, aonde veio participar da cerimônia de entrega de medalha ao empresário Neno Rabello, na segunda-feira, na Assembléia Legislativa do Estado.

Ronaldo botou mais lenha na fogueira ao afirmar que não existe nenhum compromisso do grupo Cunha Lima de apoiar a candidatura de Efraim Morais (DEM) ao Governo do Estado em 2010. “Pelo que eu saiba não há compromisso formal. O que há é uma aliança que deve ser preservada”. Segundo ele, o seu partido, o PSDB, dispõe de bons quadros para a sucessão do governador Cássio Cunha Lima. “Há um elenco de bons nomes, todos capazes. Não vou citar nomes para não pecar por omissão, mas nós temos um elenco muito bom”.
Sobre a vitória de Veneziano em Campina Grande, Ronaldo encarou o resultado com naturalidade. “Nós não perdemos em Campina porque nós não tínhamos Campina. A prefeitura não era do nosso partido. A gente só perde o que tem”.

fonte : www.hermesdeluna.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário