novembro 25, 2008

Gervásio Filho: 'até a posse de Maranhão, tudo pode acontecer na Assembléia'

O deputado estadual Gervásio Filho (PMDB), líder da Oposição na Assembléia Legislativa, afirmou que a bancada está em alerta constante, “atenta para novos projetos a serem aprovados a toque de caixa até a posse do governador José Maranhão”. Segundo Gervário, fica nítida a intenção de causar impacto financeiro na nova gestão.

“O atual presidente, Arthur Cunha Lima (PSDB), quando Roberto Paulino era governador, fez um apelo para que ele não sancionasse projetos, já que o governo seria Cássio Cunha Lima. Isso foi logo após as eleições de 2002. Tanto Paulino quanto o presidente da Assembléia à época, Gervásio Maia, entenderam que isto era um ato de prudência. Hoje, os governistas passam a idéia de que nós somos contrários aos projetos, o que não é verdade”, desabafa.

O que Gervásio afirma ser contra é a votação acelerada dos processos, sem dar tempo aos oposicionistas de estudarem os mesmos. “Só agora, depois de votados e aprovados, é que estamos estudando os processos. Recebemos cópias só na hora da votação e dessa forma, ficamos com dificuldades de discutir”, completou.

Só após a análise dos projetos é que os deputados do PMDB, PSB e PT poderão se manifestar sobre os mesmos e buscar meios legais de impedir-lhe a sanção.

“Queríamos que fossem analisados e discutidos com a equipe, o que é prática histórica da Casa. Como o governador que vai arcar com os impactos não é o que foi cassado no TSE, tentamos debater, mas não nos permitiram. Tudo foi feito numa velocidade meteórica”, reclamou.

fonte: www.wscom.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário