novembro 18, 2008

Cássio se queixa de Efraim e Cícero e diz: é o pior desempenho da PB em relação a emendas; ouça

O governador Cássio Cunha Lima (PSBD) disse nesta segunda-feira 17 no programa Boa Tarde Paraíba que ficou desapontado com a bancada federal da Paraíba, citando com destaque os senadores Efraim Moraes (DEM) e Cícero Lucena (PSDB). Os dois aliados destinaram aos municípios emendas que deveriam ter recursos geridos pelos cofres estaduais.

- Tive uma conversa com Cícero e Efraim e disse aos dois senadores que esse era o único momento em que os parlamentares podiam me ajudar. Para minha surpresa, ambos decidiram enviar suas emendas direto aos municípios, excluindo o Governo do Estado de seus projetos, disse Cunha Lima.

O governador disse que das 15 emendas possíveis, apenas quatro beneficiarão projetos estruturantes.

- Ficamos com apenas quatro e aí a Paraíba perde. Eu já sei a resposta que os parlamentares vão dar: “não, mas encaminhamos para os prefeitos, os prefeitos merecem”. Talvez queiram responder me colocando contra os prefeitos e não se trata disso. Mas é meu dever registrar que as emendas de bancadas foram conduzidas majoritariamente às prefeituras. O que é ruim porque raramente as emendas de bancadas, quando dirigidas às prefeituras, são liberadas.

Cunha Lima declarou que respeita a opção dos deputados federais e senadores em preferir transferir as emendas para os municípios, via orçamento da União, mas não escondeu sua decepção, sobretudo com Lucena e Morais - seus aliados políticos.

- Respeito a decisão dos senadores, meu amigo Cícero Lucena, meu amigo Efraim Moraes, mas lamento a exclusão da Paraíba na alocação de emendas e tenho que dizer isso ao meu Estado, acrescentou o governador.

Para Cunha Lima, “esse é pior desempenho da Paraíba em relação às emendas de bancada paraibana” o que pode, inclusive, diminuir o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) estadual.

Clique no ícone abaixo e ouça trecho do programa Boa Tarde Paraíba.

fonte: www.wscom.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário